INÍCIO EM:

21/10/17

DURAÇÃO:

  • 9h às 17h
  • 2 sábados
  • Carga Horária: 16 horas

LOCAL:

Campus Botafogo

INVESTIMENTO:

Novo Aluno: R$ 300,00

Aluno ou Ex Aluno FACHA: R$ 240,00

FORMAS DE PAGAMENTO:

  • 20% - ALUNO OU EX ALUNO
  • 10 % - À VISTA
  • 06 X CARTÃO
  • 02X- BOLETO

OBJETIVO

A oficina é destinada aos alunos da Graduação em Direito e possui como objetivo apresentar conceitos fundamentais relacionados aos direitos humanos e ao funcionamento do Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos. 

Dentre outros tópicos, propõe-se um aprofundamento acerca das seguintes temáticas: a origem e a evolução do Sistema Interamericano, os órgãos que o compõem, o seu papel político e estratégico; o sistema de apresentação de petições individuais; os casos contenciosos em face do Estado brasileiro. 

Ao final do curso, os alunos serão convidados a participar de um julgamento simulado da Corte Interamericana de Direitos Humanos. 

A partir da presente oficina, pretende-se contribuir para a formação humanística dos alunos e fornecer os alicerces para uma análise crítica sobre o atual contexto político-jurídico brasileiro.

 

INFORMAÇÃO ADICIONAL - A Facha reserva-se ao direito de apenas formar turmas de extensão com o quórum mínimo 10/12 alunos. 

PUBLICO ALVO

Alunos e não alunos

Direitos Humanos.
Organização dos Estados Americanos.
Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos.
Pacto de San José da Costa Rica.
Comissão Interamericana de Direitos Humanos.
Corte Interamericana de Direitos Humanos.
Litígio estratégico.
Controle de Convencionalidade.
Caso Ximenes Lopes Vs. Brasil.
Caso Nogueira de Carvalho e outros Vs. Brasil.
Caso Escher e outros Vs. Brasil.
Caso Garibaldi Vs. Brasil.
Caso Gomes Lund e outros ("Guerrilha do Araguaia") Vs. Brasil.
Caso Trabalhadores da Fazenda Brasil Verde Vs. Brasil.
Caso Favela Nova Brasília Vs. Brasil.
Caso Vladimir Herzog e outros Vs. Brasil.
Caso Povo Indígena Xucuru e seus membros Vs. Brasil.

O curso é válido como: ATIVIDADE COMPLEMENTAR

Para validar o certificado, de acordo com a sua opção, basta comparecer ao protocolo, e dar entrada ao requerimento solicitando a inclusão do crédito.

Amanda Cataldo
Mestre em Teoria do Estado e Direito Constitucional da PUC-Rio; Pesquisadora visitante da Brown University; bacharela em Relações Internacionais e Direito.